Análise e Discussão Big Data

Como é feita a coleta de dados usando Big Data?

hekima-data-collection2
0

Muito se fala atualmente sobre a importância da coleta e análise de dados através do uso de soluções de Big Data Analytics.

Gestores mais ligados à tecnologia já entendem claramente as potencialidades que o uso desse tipo de estratégia permite.

Apesar disso, mesmo para os empreendedores mais atualizados, nem sempre é fácil entender como funciona a coleta do grande volume de dados que chamamos de Big Data.

As soluções que possibilitam os processos de Big Data Analytics são sistemas que envolvem aspectos muito técnicos, tanto no momento da coleta quanto na apresentação estruturada e analítica dos dados não-estruturados obtidos.

Neste artigo vamos clarear parte desses processos, apresentando uma visão geral do funcionamento da coleta de grandes quantidades de dados, etapa que dá sentido a todo o trabalho que se segue.

Coletando grandes dados

Quando falamos de Big Data, diante do gigantesco volume de dados disponível, as informações devem ser tratadas de forma diferente das metodologias tradicionais de processamento de dados. Os passos no entanto são simples: coleta, armazenamento, organização e análise.

  1. Coleta de dados, que podem ser de inúmeras fontes diferentes, de redes sociais a datawarehouses;
  2. Armazenamento de dados, que consiste também na distribuição em sistemas e servidores diferentes. Essa distribuição garante que, para cada informação armazenada, automaticamente exista um backup disponível. O armazenamento de dados demanda estrutura física ou contratação de serviços em nuvem;
  3. Organização, que envolve a categorização e o arranjo dos dados de forma estruturada, não estruturada e semi-estruturada, facilitando o acesso e a análise das informações através de tecnologias como NoSQL e Hadoop;
  4. Análise dos dados previamente armazenados e organizados. Esta etapa envolve a extração das informações e a interpretação baseada em conceitos de negócios e estatísticas para chegar até os dados realmente úteis para tomadas de decisão.

Aprendendo com os gigantes da tecnologia

As maiores empresas do mundo se utilizam em grande escala de soluções de Big Data Analytics. Além de conseguirem avalanches de dados com mais facilidade, esse tipo de estratégia tecnológica fornece subsídios essenciais para suas estratégias de negócios, que precisam ser dinâmicas e certeiras.

Vamos a uma pequena análise de como os gigantes da tecnologia Google, Apple, Facebook, Amazon e Yahoo coletam e tratam os dados de seus usuários.

Tipo de dados coletados

Começando pelo tipo de dados coletados, a lista não é pequena:

  • Cliques em anúncios;
  • Navegador;
  • Informações do dispositivo (móvel, desktop);
  • Endereço de e-mail;
  • Reconhecimento facial;
  • Endereço IP;
  • Servidor de acesso;
  • Localização;
  • Sistema operacional;
  • Número de telefone;
  • Histórico de buscas realizadas;

Métodos de monitoramento

  • Cookies;
  • Tecnologias para identificação de dispositivo;
  • Software para reconhecimento facial;
  • Perfil do usuário;
  • Mecanismos de busca;
  • Aplicações de terceiros;

Como os dados são utilizados

  • Serviços baseados em geolocalização;
  • Integração entre múltiplas contas;
  • Notificações;
  • Conteúdo personalizado;
  • Publicidade segmentada;

Mesmo com tantos itens, não se engane, as 5 companhias mencionadas utilizam quase todas as opções. As ressalvas são pequenas e não prometem durar por muito tempo. O Facebook, por exemplo, já utiliza todos os métodos de coleta, monitoramento e aplicação de dados mencionados acima.

Google, Apple e Yahoo ainda não utilizam reconhecimento facial. E no que diz respeito à aplicação dos dados coletados, apenas Apple e Amazon não fazem notificações e o Yahoo não fornece conteúdo personalizado.

À exceção dos itens mencionados acima, todas as 5 companhias utilizam todos os tipos e métodos de coleta e também utilizam os dados de todas as formas analisadas. Não dá mais para duvidar do potencial do uso de Big Data, certo?

Como utilizar os dados coletados

Uma vez que você tenha definido os tipos de dados relevantes para o seu negócio e a forma de coletá-los, é preciso definir como utilizá-los. Nos exemplos acima nós vimos como as gigantes de tecnologia fazem uso dessas informações de maneira que faz sentido para o segmento delas. Você deve pensar da mesma forma para o seu.

De forma geral, a ideia é conhecer a fundo o seu cliente e utilizar esse conhecimento para fornecer serviços/produtos que lhe sejam úteis, relevantes e de valor, no momento e local adequados. Esteja certo de que a conjunção destes fatores fará uma diferença brutal na performance da sua empresa.

Quer falar sobre o assunto? Utilize a área para comentários abaixo e teremos prazer em fornecer mais informações.

banner_dados_abertos