Dicas Eleições Monitoramento de Redes Sociais

Engajamento político das pessoas no meio online: por que ele é importante em qualquer campanha

big-data-analytics-hekima
0

As eleições de 2014 têm tudo para ser um marco no que diz respeito à utilização da internet como ferramenta de marketing político. No pleito anterior, realizado em 2012, vimos tentativas de alguns candidatos em usar da força do engajamento do público – no caso, do eleitor – no meio online.

Natural pois a internet e as redes sociais se tornaram ferramentas essenciais para o marketing, seja este social, comercial e até mesmo político.

Neste ano, após o aprendizado das últimas eleições, as campanhas políticas online precisam ser mais efetivas, afinal são mais pessoas e mais candidatos conectados. E os profissionais da área já perceberam que, para alcançar este propósito, há um ponto específico no qual investir: o engajamento do eleitorado.

Engajamento é a base do marketing político online

Quando se fala em marketing nas mídias sociais, a importância do engajamento não é novidade. Ele é uma das mais valorizadas métricas do sucesso de ações digitais e reflete na eficácia da comunicação com o público. Porém, quando se trata de marketing político na internet, o engajamento tem uma importância ainda maior. Por que isso acontece?

A explicação está na paixão que a política, como alguns outros temas, desperta nas pessoas. Apesar do senso comum dizer que “futebol, religião e política não se discutem”, a verdade é que eles não são apenas os assuntos mais discutidos, mas além disso são os que são abordados com mais fervor.

A partir disso, se estabelece uma grande diferença entre o marketing comercial e o marketing político. Se Pedro gosta de Nike e João gosta de Adidas, se um prefere Burger King e o outro McDonald’s, eles não vão travar disputas acerca dessas preferências, nem tampouco tentarão convencer os amigos de que sua escolha é a melhor para toda a população.

Na política acontece algo diferente. Mesmo que uma parcela pequena do eleitorado esteja engajada nas ações e diálogos, eles têm voz ativa no propósito de eleger o candidato de sua preferência. Em algumas eleições, chegamos a ver pessoas comuns, sem filiação partidária, defendendo candidatos com os quais têm afinidade, movidas pela crença em um ideal ou proposta de governo.

Agora imagine esta situação no contexto da internet. O ambiente onde todos têm voz, onde todos querem se expressar e o fazem à vontade. Uma campanha bem planejada e estruturada no sentido do engajamento pode converter eleitores comuns em cabos eleitorais e militantes no ambiente online, o que tem um valor inestimável em uma campanha eleitoral.

A maioria das pessoas se liga ao lado mais forte

Quando começam as campanhas políticas, as pessoas ainda se encontram em um momento de escolha. Nesse contexto, o mundo online é muito útil para fornecer informações, opiniões e promover, bem como fortalecer o engajamento. Assim, a propaganda política sempre se utiliza das pesquisas eleitorais para tentar mostrar vantagens do seu candidato, seja liderança ou crescimento nas intenções de voto, queda ou rejeição do adversário.

A mesma lógica se aplica ao engajamento no ambiente online. Em uma disputa polarizada, o lado que apresentar maior engajamento de seus eleitores terá mais visibilidade, mais postagens positivas e tenderá a obter mais eleitores na web. Um ótimo case é a eleição de Barack Obama nos Estados Unidos em 2008: sua campanha na internet, especialmente nas redes sociais, alcançou um altíssimo nível de engajamento, chegando ao ponto de obter até mesmo grandes volumes de doações financeiras de pessoas físicas comuns para a campanha.

Diálogo é a chave para o engajamento

Na hora de começar uma campanha política online, como qualquer outra, é preciso ter em mente que a base desta mídia é a comunicação de mão dupla. E isto se acentua no caso de campanhas políticas.

Os eleitores querem debater, ser ouvidos, conhecer propostas. A equipe de marketing digital responsável pelo gerenciamento da campanha deve estar preparada para responder adequadamente, no tom correto e com agilidade. Isto se refletirá em credibilidade, o que por sua vez aumentará o engajamento.

Monitorar é essencial

Por último, lembramos que é essencial monitorar não apenas a reação e o comportamento dos seus eleitores, mas também a movimentação dos adversários. O entendimento e a resposta rápida às estratégias e ações do oponente pode fazer toda a diferença.

E sua estratégia política? Você já sabe o que os eleitores estão falando nas mídias sociais? Não deixe de obter estas informações!

Baixe_aqui_seu_Ebook_5