Pesquisa de mercado e Big Data Analytics: como conseguir informações completas para ter sucesso

128
3

Por Daniela Schermann, líder de marketing do Opinion Box

Um dos maiores desejos de qualquer profissional que trabalha com marketing ou vendas é entrar na mente do seu consumidor e entender como ele pesquisa, escolhe e compra seus produtos.

Com a tecnologia e as técnicas avançadas de Big Data Analytics e pesquisa de mercado, está ficando cada vez mais fácil saber realmente como os consumidores pensam e agem.

Ao unir todas as respostas que as pesquisas de mercado trazem com os dados coletados por meio de soluções de Big Data Analytics, é possível obter resultados muito precisos, informações extremamente valiosas e insights que farão toda a diferença no dia a dia do seu negócio.

Mas, para aproveitar ao máximo todas as vantagens que o casamento entre Big Data Analytics e pesquisa de mercado pode trazer, é preciso antes entender as principais diferenças entre as duas técnicas e como utilizá-las em conjunto.

Os objetivos da coleta de dados

Tanto a pesquisa de mercado quanto Big Data Analytics trabalham com coleta de dados, mas isso não quer dizer que seja tudo a mesma coisa. Os objetivos, as fontes onde esses dados serão coletados e as metodologias utilizadas são bem diferentes nos dois casos.

Para realizar uma pesquisa de mercado, seja ela quantitativa ou qualitativa, é necessário que você tenha claramente definido o objetivo da sua pesquisa, ou seja, quais as respostas que você espera encontrar. As informações são coletadas de forma estruturada, a partir de um questionário (no caso das pesquisas quantitativas) ou de um roteiro (no caso de grupos focais ou de entrevistas em profundidade). Além disso, você estabelece previamente quem é o públco-alvo da sua pesquisa, de acordo com o seu objetivo.

Já no caso de Big Data Analytics, a coleta de dados pode ser feita em inúmeras fontes diferentes, como redes sociais, ferramentas de BI (Business Inteligence) e data warehouses. O processo de mineração dos dados, ou seja, de descobrir as informações relevantes em grandes quantidades de dados armazenados, não segue propriamente um  roteiro, mas também trabalha com perguntas estabelecidas previamente, a fim de encontrar  respostas específicas ou mesmo identificar padrões, tendências e informações em meio ao volume de dados disponíveis.

As formas de coletar dados: ouvir ou garimpar?

A pesquisa de mercado consiste em ouvir a opinião das pessoas sobre diferentes assuntos. Os resultados são obtidos a partir do que os entrevistados nos dizem, seja em questionários com questões de múltipla escolha, seja com perguntas abertas em que eles podem dizer o que pensam com as próprias palavras.

No caso das pesquisas, as pessoas são estimuladas a pensar sobre determinados assuntos e podem fornecer informações sobre temas que elas não forneceriam de forma espontânea.

Big Data Analytics, por outro lado, analisa os dados fornecidos pelas pessoas a partir de comportamento de compra, cliques em anúncios, geolocalização, histórico de buscas, posts em redes sociais e outras inúmeras informações que cada um fornece a partir de suas ações online ou offline.

Assim, o rastro que os consumidores deixam pode indicar, por exemplo, quem pretende se casar nos próximos meses, quem está procurando uma geladeira para comprar, quem vai ter filhos, trocar de carro ou comprar um apartamento.

Mas nem sempre estas pessoas compartilharão espontaneamente sua opinião sobre este ou aquele produto, quanto está disposto a pagar, se ficou satisfeito com o atendimento e se voltaria a comprar naquela loja. Todas essas respostas, no entanto, podem ser facilmente obtidas com uma pesquisa de mercado.

Um método não é melhor que o outro; eles são complementares. São dados diferentes, obtidos de formas diferentes e com finalidades que também podem ser distintas. O melhor é conseguir unir as duas fontes de dados e obter informações mais completas.

Como unir pesquisa de mercado e Big Data Analytics

Os dados obtidos através de soluções de Big Data Analytics podem ser muito úteis para a sua pesquisa de mercado, desde o planejamento da pesquisa até a análise dos dados. Por exemplo, quando estiver estabelecendo os objetivos da sua pesquisa e preparando o questionário, não deixe de pesquisar nas fontes disponíveis quais são os dados que já existem sobre o seu assunto.

Você poderá se deparar com muitas informações que vão ajudá-lo a ter clareza sobre as respostas que precisa encontrar, o caminho para chegar até esses dados e também ideias e fatos relevantes para as perguntas do seu questionário.

Da mesma forma, a pesquisa de mercado pode enriquecer os dados obtidos através da análise inteligente de grandes volumes de dados, tornando-se mais uma importante fonte para complementar suas informações. Ao unir a pesquisa de mercado com Big Data Analytics, você poderá ter uma visão muito precisa de como seus consumidores se comportam ao longo da jornada de compra, entender a sua concorrência e o seu mercado em profundidade e encontrar oportunidades e desafios para a sua marca, produto ou serviço.

Para citar alguns exemplos: imagine se você cruzar os dados extraídos do seu serviço de e-commerce com as respostas obtidas em uma pesquisa de satisfação, ou os comentários das redes sociais com uma pesquisa de imagem de marca. Os dados, analisados em conjunto, permitem uma visão muito mais completa e profunda, que vão colocá-lo a frente da sua concorrência e no caminho certo para aumentar as vendas.

Quer saber como utilizar a pesquisa de mercado e Big Data Analytics na sua empresa? Converse com o Opinion Box e com a Hekima, nós podemos te ajudar.

Baixe_aqui_seu_Ebook

Top