Cases Eventos Infográficos Monitoramento de Redes Sociais

Atlético e Cruzeiro: soberanos no futebol e nas redes sociais

Blog (1)
0

Em 2014, os times mineiros dominaram o futebol brasileiro, vencendo as duas principais competições nacionais. E na quarta-feira, dia 26 de novembro, Atlético e Cruzeiro dominaram também as redes sociais.

O Brasil parou para assistir a grande final da Copa do Brasil e a Hekima fez o mesmo. Analisamos  mais de 400 mil posts sobre o clássico que deu o título ao Galo. A história do jogo, contada pelas redes sociais, você fica sabendo pelo infográfico abaixo.

ZahpeeInfographics---CopaBrasil

 

A-ha u-hu, o Twitter é nosso

122.210 torcedores foram responsáveis por 416.135 posts sobre o jogo. Desses, 378.963 vieram do Twitter. Uma verdadeira invasão de atleticanos e cruzeirenses ao microblog. O jogo do São Paulo pela Copa Sul-Americana, que aconteceu no mesmo horário, foi comentado por 40.024 torcedores, gerando um total de 96.270 posts.

Até São Pedro parou para assistir o clássico

A previsão de chuva para a noite de quarta em Belo Horizonte não se concretizou. Parece que até São Pedro resolveu parar para assistir o clássico.

Os 49,4% dos posts geolocalizados em Minas Gerais são significativos: apesar de reunir os dois grandes times mineiros, a final da Copa do Brasil mobilizou torcedores em todos os lugares do Brasil, e até fora do país: mais da metade das publicações geolocalizadas vieram de fora de Minas.

#DueloDeGigantes

Se no Mineirão a torcida do Galo foi minoria, nas redes sociais a massa marcou presença. Além de vencer o duelo das menções, os atleticanos ainda emplacaram cinco entre as dez hashtags mais populares.

Pouca emoção, muita comemoração

O gol solitário de Diego Tardelli fez a torcida atleticana explodir nas ruas de Belo Horizonte e também nas redes sociais, atingindo um pico de quase 7 mil posts por minuto. Depois de um segundo tempo morno, o grito de “é campeão!” ecoou pelas redes com o apito final .

Apoiadores x Corneteiros

Torcedor que é torcedor apoia, mas também cobra. E se a torcida do Galo saiu feliz da vida com o desempenho de Tardelli, Luan, Carlos e companhia, a torcida cruzeirense ficou na bronca. Nem os xodós Ricardo Goulart, Éverton Ribeiro e Marcelo Moreno escaparam das cornetas cruzeirenses.

Entre os técnicos, enquanto Levir Culpi parece ser unanimidade entre os torcedores atleticanos, o técnico Marcelo Oliveira parece dividir opiniões entre os cruzeirenses. A combinação de regras de classificação com análise automática de sentimento do Zahpee Monitor mostrou que a atuação do treinador foi aprovada por 51% dos torcedores da Raposa.

TTTs: os Trending Topics das Torcidas

Os tópicos mais abordados pelas torcidas permitem uma conclusão: na noite de quarta, prevaleceu o futebol. As polêmicas e discussões sobre arbitragem e brigas entre torcidas ficaram em segundo plano. O destaque ficou para o futebol, seus protagonistas e o palco da final.

Parabéns aos times mineiros, campeões brasileiros e classificados para a Copa Libertadores 2015. A equipe da Hekima já está ansiosa para monitorar os jogos dos mineiros na competição!

Baixe_aqui_seu_Ebook_5