Análise e Discussão Big Data Eleições

Big data e Eleições 2016

hekima-eleições-COM-FOTO
0

Há anos vemos as eleições municipais, estaduais e federais do país ficarem progressivamente mais tensas, agressivas e inusitadas. O crescimento do uso das rede sociais e o amadurecimento dos trabalhos relacionados a dados é um dos fatores que colocam lenha nessa fogueira.

Como explicou o jornal Estado de Minas na matéria intitulada “Disputa pelo voto em 2016 promete ser a mais agressiva da história”, “embora 90% dos usuários das redes sejam consumidores da informação, a análise dos dados sugere que 9% se encarregam de reproduzir o que 1% produz, só que, em geral, antes de compartilhar distorcem o conteúdo segundo o seu interesse ou ideologia”. O fato é que essa pequena fatia do universo das mídias sociais é capaz de fazer um grande barulho e divulgar de forma impactante notícias (falsas ou verdadeiras) e formar opinião de milhares de pessoas em poucos cliques.

Você já parou para pensar sobre como as técnicas e ferramentas de Big Data poderão ser usadas de forma revolucionária no contexto político?

Se ainda não faz ideia de como isso pode acontecer, acompanhe os links de artigos que selecionamos para você entender melhor o impacto do Big Data nas eleições:

1. É possível saber o que os eleitores falam no meio online?

2. Engajamento político das pessoas no meio online: por que ele é importante em qualquer campanha

3. Estratégia política: saiba como ela pode se beneficiar com a mineração de dados

Baixe_aqui_seu_Ebook_06

Raquel Camargo
Jornalista, mestre em estudos de linguagens e fundadora da agência de marketing digital Lhama.me.