Análise e Discussão Big Data

Da cabeça aos pés: como Big Data oferece um perfil 360º do seu consumidor

2

Ao longo dos anos, com a intensificação do uso da internet, os gostos dos consumidores ficaram muito mais identificáveis.

Quando acrescentamos o uso de Big Data a esse cenário, fica fácil entender que as possibilidades de conhecer seu cliente tornaram-se praticamente infinitas.

Hoje em dia, as redes sociais são uma fonte extremamente rica de informações, que, aliadas aos hábitos de compra online, por exemplo, oferecem dados poderosos ao gestor, permitindo a definição do que chamamos de perfil 360º do seu consumidor — o nome é bem sugestivo.

Se antes nos perguntávamos como os gestores definiam as estratégias nas empresas, após a ascensão de técnicas e soluções de Big Data e Data Mining, hoje nos perguntamos como podemos nos conectar com cada cliente individualmente a partir de uma grande quantidade de dados.

O perfil 360º é a maneira certa de começar.

O que o perfil 360º informa sobre os consumidores?

As estratégias das empresas têm como objetivo fidelizar seus clientes, evitando a concorrência e trazendo novos consumidores em potencial para o seu lado da balança. Por muito tempo, as campanhas de marketing e publicidade se basearam em critérios subjetivos para criar uma estratégica de ação. Big Data mudou isso de forma definitiva.

Com Big Data Analytics, o uso das atividades nas redes sociais como fonte de dados, o histórico de compra pela internet e as pesquisas realizadas sobre outras interações online, tem sido possível compreender o consumidor em um nível muito mais rico e detalhado.

O perfil 360º forma um entendimento sobre praticamente tudo que se pode saber sobre o perfil do consumidor, indo de sua atuação social na internet até os seus padrões de compra. Dessa forma, a empresa passa a ver pelos olhos dos seus consumidores, entendendo como eles enxergam os seus negócios e as suas estratégias.

Por meio de campanhas bem-sucedidas as empresas aumentam suas vendas com o auxílio de Big Data; e com o perfil 360º, elas aumentam o sucesso de suas campanhas.

Big Data e microssegmentação

Claro que essas informações são direcionadas para algum fim. Já falamos aqui no blog sobre o poder da segmentação no setor de bens de consumo, por exemplo. Os dados aplicados ao perfil 360º elevam o potencial dessa estratégia. É o que chamamos de microssegmentação, utilizada para definir alvos de campanhas com mais assertividade.

A segmentação divide os consumidores em grandes grupos, como poder de compra ou localização geográfica. A microssegmentação divide esses grupos em grupos menores, com um grau de detalhamento muito mais elevado. Esses grupos levam em conta outras informações que só são possíveis por meio do perfil 360º, como o padrão de compras, interesses específicos, entre outros.

As campanhas são muito mais efetivas quando bem direcionadas para os gostos de cada subgrupo.

Marketing em tempo real

Outra aplicação desses dados é a possibilidade de analisá-los em tempo real. Atualmente, as campanhas são ajustadas e redirecionadas durate a sua vigência, utilizando a análise de dados que é feita a todo instante (porque o fluxo de informações é contínuo, está acontecendo agora e acontecerá durante todo o tempo).

Isso possibilita um marketing muito mais rico e efetivo, porque responde às necessidades dos consumidores a medida em que elas surgem. Esse é um diferencial poderoso.

O uso de Big Data permitiu, como podemos ver, a formação de um perfil extremamente rico em detalhes sobre o mercado consumidor. Alguma dúvida de que o desenho e compreensão desse tipo de perfil nos permite enxergar tendências e antecipar características especificamente vitais para o sucesso de uma campanhas?

Quer ler mais conteúdos sobre esse tema? Conheça as 5 principais tendências apresentadas pelo consumidor online!

Banner