Análise e Discussão Big Data

Preveja tendências de mercado antes da concorrência com Big Data

tendências de mercado
0

As fronteiras demográficas (sexo, faixa etária, classe social) já não são mais suficientes para classificar, prever as reações e delimitar a linguagem de comunicação aplicada aos clientes. Em um universo de múltiplas informações e com um consumidor cada vez mais omnichannel, prever tendências de mercado sem o auxílio de Big Data é cada vez mais difícil.

O mundo digital moldou um mercado altamente dinâmico e imprevisível. A informação se tornou o mais importante ativo das empresas modernas: não basta tê-la, é preciso tê-la primeiro!

Esse novo contexto de mercado explica porque as soluções em Big Data se tornaram o instrumento de decisão básico das organizações de todos os portes.

Nas próximas linhas, você vai entender melhor essa relação íntima entre domínio do mercado, previsão de tendências e Ciência de Dados!

Faz mesmo diferença prever tendências de mercado antes da concorrência?

Imagine que seu principal concorrente tenha uma ferramenta eletrônica de alta capacidade de armazenamento e processamento de dados, capaz de reunir informações do mercado, índices macroeconômicos que interessam ao setor, manifestações dos consumidores em redes sociais, dados de CRM, dentre outros. 

Agora imagine que essa solução de alta tecnologia trabalhe ainda com algoritmos estatísticos, técnicas de machine learning (aprendizagem de máquina) e sentiment analysis para mostrar ao gestor o que está ocorrendo no mercado, em tempo real, além de oferecer uma infinidade de possibilidades analíticas

Por fim, suponha que sua empresa não disponha ainda dessa ferramenta. Desesperador? Pois talvez esteja ocorrendo exatamente isso com sua organização (e você pode não ter se dado conta disso). Precisa de um lenço para secar suas lágrimas?

A era da informação digital

O mundo gera, todos os dias, 2,5 quintilhões de dados. Esta é a Era em que todos têm a informação disponível, mas cuja aplicação em prol da ampliação da vantagem competitiva é privilégio de poucos.

Quem já se curvou à tecnologia e à Ciência de Dados voltadas para o mercado consegue utilizar a análise preditiva para colher todos esses rastros, agregá-los e processá-los automaticamente, gerando relatórios, gráficos e indicativos que diagnosticam o comportamento do consumidor, suas inclinações de consumo, suas novas necessidades (que, muitas vezes, nem eles ainda se deram conta) e até uma iminente retração no setor.


Leia também: Os grandes (e impressionantes) números de Big Data


Análise Preditiva e as PMEs

O modelo de fornecimento de soluções de TI baseado em SaaS (Software as a Serviço) tornou mais democrático o acesso às ferramentas de análise preditiva.

A liberdade de não precisar adquirir licenças ou investir vultosos volumes de recursos na modificação de toda a infraestrutura de TI da empresa (para integrá-la a soluções em data mining) fez com que Big Data se tornasse termo corriqueiro além dos escritórios das poderosas multinacionais.

Atualmente, até as pequenas e médias empresas já estão adotando soluções de previsão de tendências de mercado baseado em algoritmos! 

Uma loja de roupas, por exemplo, pode implementar soluções que capturem dados a partir do leitor óptico dos caixas, bem como de câmeras instaladas no estabelecimento para posterior tratamento por meio de softwares. Estes softwares, por sua vez, irão misturar esses indicativos com dados de monitoramento de mídias sociais e serão capazes de revelar: quais ações provocam mudanças no comportamento do cliente; quais modificações no PDV atrairiam maior fluxo de público; e até o que deve ser observado no desenvolvimento de promoções ou lançamentos.

Ainda não se convenceu?

Outro exemplo: uma empresa que trabalhe com desenvolvimento de softwares pode coletar dados decorrentes de seu uso por parte dos clientes (com a sua autorização), bem como as manifestações públicas em redes sociais (ligadas à empresa), identificando novas oportunidades, falhas no desenvolvimento das aplicações, insatisfações e novas funcionalidades que devem preencher as necessidades futuras de seu target, por exemplo.

Quem tem a informação, tem o mundo em suas mãos!

Agora que você compreendeu que está perdendo faturamento deixando de visualizar antecipadamente as tendências de mercado (por não ter acesso às poderosas soluções de Big Data), que tal assinar nossa newsletter para continuar acompanhando as novidades do universo digital corporativo? 

Baixe_aqui_seu_Ebook (5)

Related Post